MEU EU DE 13 ANOS FICARIA FELIZ POR MIM

setembro 17, 2018

Não tenho foto bem blogueirinha
Eu sinto muita saudade da época dos blogs em que ninguém ficava rico escrevendo na internet, onde a gente só se preocupava em comentar embaixo dos comentários do pessoal (20 comentários num post, que vitória!), e eu passava horas e horas aprendendo HTML na internet pra poder editar o template do meu blog. 

Aliás, é muito louco pensar no rumo que minha vida tomou em 2018 e lembrar que é bem possível que, sem o blog ter entrado na minha vida em 2002, eu não estaria fazendo o que estou hoje.

Explico. 

Antes de cursar jornalismo, eu comecei a explorar o maravilhoso mundo dos blogs. Em 2002 eu tinha 13 anos, internet discada e tudo mais. Vi uma matéria na TV sobre o "blog", e entrei na Blogger Brasil, criei uma conta. Comecei a futricar nisso. Usava horas do meu dia (afinal, a única responsa que tinha era ir pra escola) pra entender a ferramenta. Meu primeiro blog tinha um template com umas fadas e chamava Darling Blog. Alguma coisa assim.

Comecei a usar o photoshop pra fazer todos os layouts.

Eis que, muitos anos depois, o jornalismo me deixou cansada, desmotivada e triste. E eu já fazia esse trabalho de criação na empresa que abrira dois anos antes. Depois que sai do último jornal que trabalhei, mais chateada que nunca, comecei a pegar os trabalhos de criação pesados com a minha empresa, cada vez mais.

Porém, escrever ainda é uma parte de mim. Mas eu amo criar.

2018 e eu estou fazendo alguma coisa muito diferente dos anos anteriores. Me sinto sei lá, de férias.

Ontem terminei de ler um livro que misturava ficção com física quântica e um protagonista um tanto duvidoso. Reacendeu aquela vontade de escrever. Eu escrevo pra viver, essa é a grande verdade das coisas. Não pra pagar as contas. Já paguei as contas com a escrita, mas do formato que fiz, estava me trazendo uma tristeza bem grande.

Agora quero pagar as contas com o que o mundo dos blogs me trouxe (aprender a criar), e escrever pra ser feliz.

2018, que plot twist. 

You Might Also Like

1 comentários

  1. Este é um testemunho que eu direi a cada um que ouça. Eu tenho casado quatro anos e no quinto ano do meu casamento, outra mulher teve que levar meu amante longe de mim e meu marido me deixou e as crianças e nós sofremos por dois anos até que eu encontrei um post onde este homem Dr.Wealthy ter ajudado alguém e eu decidi dar-lhe uma tentativa de me ajudar a trazer o meu amante de volta para casa e acreditar em mim eu só enviar minha foto para ele e do meu marido e depois de 48 horas como ele me disse, eu vi um carro dirigiu para o casa e eis que era meu marido e ele veio para mim e para as crianças e é por isso que eu estou feliz em fazer com que cada um de vocês pareça conhecer este homem e ter seu amante de volta para o seu eu. Seu email: wealthylovespell@gmail.com .OU VOCÊ TAMBÉM PODE ADICIONAR ELE SOBRE O WHATSAPP USANDO ESTE NÚMERO DE CELULAR 2348164728160.

    ResponderExcluir

Popular Posts

Facebook

Pinterest